Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, PEREIRO, Homem



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Site do Falcão
 Falcão Pirata
 Walter Carrilho
 Escapar Fedendo
 O Carapuceiro
 Língua de Trapo
 Catarro Verde
 Gilmar Online
 Jornalista. Não atirem!
 No seu aro
 Black People Car
 Quem gosta de brega sou eu


 
Blog do Falcão


                 PELO BEM DA HUMANIDADE

                    Eu que sou um cara altamente preocupado com o futuro da humanidade e a continuação da espécie, vivo, penso e ajo no intuito de criar e prover artifícios e artefatos para não deixar a vaca homo-sapiense adentrar ao brejo. Ou seja, não só me ponho à disposição, para a qualquer hora do dia ou da noite, atuar procriativamente e povoar a face do planeta com habitantes saudáveis, bonitos e inteligentes; como já idealizei vários planos, máquinas e engenhocas no sentido de confortabilizar e propriciar o bem viver neste planeta, tais como:

  • Carro movido à vezes;
  • Máquina de mandar políticos à puta-que-os-pariu;
  • Calçadas rolantes;
  • Palito de fósforo com duas cabeças;
  • Papel higiênico com histórias em quadrinhos;
  • Etc.

                 Tudo isso na mais sincera intenção de amenizar os estragos causados pelo estresse, a poluição, o caos no trânsito, o BBB, as CPI's, o buraco na camada de ozônio, o aumento do nível dos oceanos, as dores corníferas e a câmara municipal.

          * Darwin errou feio. Um amigo meu tem um macaco que durante vinte anos não mudou nem de comportamento.



Escrito por Falcão às 14h32
[] [envie esta mensagem] []



           AS CUECAS DO ABADIA

                  

              Se alguém, seja lá quem fosse, ou algum cupincha meu me contasse eu não acreditaria. Razão tinha mestre Branchur, que dizia: "Se a fuleiragem no Brasil não existisse, precisaria ser inventada" É muito surrealismo! Como é que um povo é tão assim mais-ou-menos, que sai de casa pra ir se engalfinhar, se esgoelar e arengar pelas cuecas usadas de um bandido altamente pereba que nem esse tal Abadia? Tudo bem que no bazar tinha lá uns objetos de valor - tvs, dvds, câmeras, perfumes, roupas, sapatos e outras catrevagens -, que até podiam ser adquiridos a preços módicos, mas o difícil é cada cidadão, que comprou qualquer grafunche ali, conviver com a energia piramidalmente negativa entranhada naquelas coisas. Eu não queria nem de graça!

              Agora, veja bem você, que por acaso comprou e vai usar uma daquelas cuecas: O caé contido numa daquelas peças é tão pesado, que é capaz de lhe dar sucessivas cãimbras no anel anal, amofinar seus testículos, inutilizar seu bilau em matéria de potenciamento levantativo, transmitir-lhe uma camada de chato, além de lhe deixar com uma curuba crônica, semelhante a que deu em Elias Lulu, amigo meu, que passou um mês sem poder defecar e morreu rindo. 

               * Eu não sei o que é errado, mas também não sei o que não é certo.

 



Escrito por Falcão às 16h58
[] [envie esta mensagem] []



HENDRIX

Folheando, neste domingo cavernoso, o Bregorama, blog muito ótimo demais, por sinal - Veja link nesta página -; vi naquele diário a dúvida, pertinente, de sua escriba, a respeito de eu ser ou não ser fã de Hendrix. Claro que sou! E o trecho da música Prometo não ejacular na sua boca (Pelas marcas de pneu em suas costas/Eu vejo que você andou se divertindo), é realmente uma citação literal de Crosstown Traffic (Tire tracks all across you back/I can see you had your fun), de Jimi Hendrix.

Aliás, minhas influências rockistícas são tantas, que o próprio título dessa canção eu fui buscar numa composição do, também meu ídolo, Frank Zappa.

Depois eu conto outras influências, citações, homenagens e chupações em toda minha obra lítero-lírico-musical.

*Um estudo sobre o analfabetismo revelerá que, em certos casos, saber ler é uma merda.

 



Escrito por Falcão às 17h10
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]